Eu sabia que vinhas e por isso eu te esperava


Eu sabia que vinhas e por isso eu te esperava...

Por ser feito de felicidade o Mundo em que eu vivo, eu tinha certeza de sua presença cada vez mais próxima de min.

Por eu ter uma sensação antecipada pela sua chegada havia em mim o medo da morte.

Te amo com todas as minhas forças...

E só a você desejo amar assim.
Sou teu de todas as formas que você imaginar

Sinto meu Coração bater através do seu.

Porque você me traz a Paz.


23/08/2010

Vem minha estrela
e aparece na escuridão
torne essa noite escura em luz
para iluminar meus sonhos
e eu possa enxergar o amor.
O verdadeiro amor...
Para que a solidão não me arraste
Vem minha estrela
e com a tua luz, aquece o meu coração
traz contigo felicidade
Inspiração, transformação....

Valmir Lira

16/08/2010

Tu que aos poucos

Toma forma em meus pensamentos

É meu tudo, meu esplendor

Tu que se mostra amante

Mais a vida me esconde

Faz-me ajoelhar a seus pés

Sem hesitar

Sem nada a você cobrar.

Versos, cartas

Palavras ditas por nós

Momentos vividos a distancia

Amor que perdura a tudo

A saudade e a dor

Este me toma a alma

Fazendo de mim

Uma forte muralha

Não compreendo seus mistérios

Mais neles eu sobrevivo

Como a flor sufocada por ervas

Em um jardim bem cuidado

Sou simples amante

Amor em mim sobra

Transborda

Sobre você meu mundo

Está se enchendo

De alegrias e esperanças

Em bases cegas de um amor inocente.

Sou seu

Nada mais me interessa

Só a vida ao seu lado

O som de sua voz

Minha felicidade

É o seu sorriso

Minha paz

Encontra-se na sua calma

Em meu peito

Bate o seu coração

E pelo seu coração o meu vive

Pelos seus olhos

Eu quero ver a minha vida passar

A minha fidelidade esta em você

E o meu amor só a ti pertence.

11/08/2010

Dia Branco

Se você vier
Pro que der e vier
Comigo...

Eu lhe prometo o sol
Se hoje o sol sair
Ou a chuva...

Se a chuva cair
Se você vier
Até onde a gente chegar
Numa praça
Na beira do mar
Num pedaço de qualquer lugar...

Nesse dia branco
Se branco ele for
Esse tanto
Esse canto de amor
Oh! oh! oh...

Se você quiser e vier
Pro que der e vier
Comigo

Se você vier
Pro que der e vier
Comigo...

Eu lhe prometo o sol
Se hoje o sol sair
Ou a chuva...
Se a chuva cair

Se você vier
Até onde a gente chegar
Numa praça
Na beira do mar
Num pedaço de qualquer lugar...

E nesse dia branco
Se branco ele for
Esse canto
Esse tão grande amor
Grande amor...

Se você quiser e vier
Pro que der e vier
Comigo

10/08/2010

Luxurias




Sonho com luxurias
onde me transformo em brasas
sob o dominio de seu corpo
Em chamas de desejos
e sedento por amor.

08/08/2010

Vem, por favor...
Tome o meu corpo frágil em seus braços,
Tome posse do que a muito te pertence,
Sinta os seus dedos percorrerem a minha coluna,
Sinta a minha pele se arrepiar ao seu toque,
Vem, por favor...
Permita que eu te beije os lábios,
Permita que eu sinta o teu corpo sobre o meu,
Que eu descubra o sabor de sua pele,
Que eu admire o seu olhar.
Vem, por favor...
Vamos deixar o brilho da lua iluminar
Nossos corpos embolados e perdidos um no outro
Na escuridão da Noite.
Eu quero te amar,amar perdidamente,
Sem precisar detalhar,o motivo e a razão.
Eu quero te amar,de corpo,alma e mente,
Sem precisar explicar,sem pedir explicação.

Quero sentir,quero viver o amor,
Me entregar,por inteiro,de verdade.
Dividir,partilhar,compartilhar,
Eu quero te amar,amar com intensidade.

Eu quero te amar,quero amor,amor sem fim;
Sem limites,sem barreiras,querer bem.
Quero amar quem sente amor por mim,

Eu quero amar,amar intensamente,
Sem precisar prestar contas pra ninguém
O amor não se explica e sim se sente,
Deixa eu amar,venha me amar também.

(Escrito por M. Panner)
Quero te escrever
Até minhas mãos não mais serem firmes,
Até o tremor da idade não chegar
Deste ponto em diante,
Não te escreverei mais em versos e poemas
Passarei a te narrar.
Cabeça quente,pegando fogo,
Corpo ardente,abro o jogo.

A mente voa,vaga no além;

Te esperando,

Você não vem!

Em pensamento,
grito seu nome,

O sentimento da paixão
vem, me consome.

Fecho os olhos,sinto você,

Me incendeio,

Fico c
heio de prazer!
Cadê você?
Eu te desejo,

Quero poder saborear os seus beijos.

Tento amar você,por telepatia,

Você não vem,
Aumenta minha agonia!

Te idealizo,em minha frente,

Te imagino fisicamente.

Porém o fogo da paixão é torturante,

E eu viajo
Na loucura desse instante!

Eu te espero,você não vem,
Eu te procuro,você não vem.

Eu te chamo em minha imaginação.
Você não vem

Me tirar da solidão!

Porque não vem saciar minha vontade?

Porque não vem me tirar da ansiedade?
Quero você,seja do jeito que for;
Pois não suporto

Essa carência de amor.

VEM...

Antes que eu enlouqueça demais;

Antes que eu pereça de vontade de você.

VEM!!!

(Escrito por M. Panner)

03/08/2010

Amo você,

Intensamente.

Um sentimento puro,

Sincero,

Leal.

Amo você,

Com a força da minha alma,

Com a doçura as palavras,

Com toda a ardência,

Emanada de meu ser.

Amo você,

No meu desejo avassalador,

Na grande loucura de lhe ter

Você...

Meu grande amor

(Escrito por M. Panner)

01/08/2010

Eu,
julgo que te conheço,
enquanto,
apenas te amo.

Quadra


Você disse que bala mata

Bala não mata ninguém

A bala que mais me mata

São os olhos de meu bem


(Teófilo de Azevedo)


Tempo

Não há o que fazer

Com estes dias longos

Leio, ouço musica, canto

Danço trabalho, estudo

Faço tudo para que eles

Tornen-se curtos como

Um único minuto.

Estou perdido.

Se o tempo não me obedece agora

Imagina quando junto a você

Eu desejar que

Um único minuto

Dure a Eternidade.

Quando eu Fecho os Olhos

E aí você surgiu na minha frente,
E eu vi o espaço e o tempo em suspensão.
Senti no ar a força diferente
De um momento eterno desde então.

E aqui dentro de mim você demora;
Já tornou-se parte mesmo do meu ser.
E agora, em qualquer parte, a qualquer hora,
Quando eu fecho os olhos, vejo só você.

E cada um de nós é um a sós,
E uma só pessoa somos nós,
Unos num canto, numa voz.

O amor une os amantes em um ímã,
E num enigma claro se traduz;
Extremos se atraem, se aproximam
E se completam como sombra e luz.

E assim viemos, nos assimilando,
Nos assemelhando, a nos absorver.
E agora, não tem onde, não tem quando:
Quando eu fecho os olhos, vejo só você.

E cada um de nós é um a sós,
E uma só pessoa somos nós,
Unos num canto, numa voz.

(Chico Cezar)